Páginas

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Pobre de espirito

Dizem que o amor é cego. Justamente por enxergar bem mal, nossos corações até aceitam um amor mais exótico, digamos assim. Aceita aquele cara que liga a cobrar, que convida a gente para um programa e faz carinhos no ponto de ônibus enquanto o coletivo não vem. Mas como tudo na vida tem limite, quando o bruto "convida pra ir ao teatro com ele e me cobra o valor da entrada(?!)" é SINAL de que chegou a hora de pensar. Amigo, pra comer tem que fazer algum esforço. Nem que seja esse, educado, de convidar a moça que voce nunca viu ("isso pq nunca me viu ¬¬ tão tá”) para uma saidinha e ser gentil de pagar o ingresso. Esse relato que recebi via @tudopalhaco me deixa até um pouco triste. As pessoas meio que perderam a noção dos pequenos gestos ... Tudo bem, tô piegas. Mas porra... Convidar para ir ao teatro e nem pagar a entrada acho feio. Deselegante. Coisa de palhaço pobre de espirito. E palhaço pobre de espirito é alma sem luz!!! Como eu não sei o resto da história, espero mesmo que o rapaz tenha pago um chope ou uma pipoquinha. Se não pode dar as mãos ao palhaço que levou guaraná pro motel. Lembram dele?

49 comentários:

Anônimo disse...

PELAMORDEDEUS! ATUALIZAÇÕES!

O BLOG É SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA!!!!

Rebeca Wilkerson disse...

kkkkkkkkkkkkkkk... Cada vez q venho aqui é uma risada!
Tadinha dessa menina. Pede p sair, minha filha!

Gisele Sá disse...

Eu faria assim: "aguarda um minutinho na fila que vou retirar no caixa eletrônico". Depois sumiria como ajudante de mágico dentro da caixa.
Mentira, não faria nada disso. Também fico boba...

Roza disse...

O pior foi no meu segundo encontro com um ex-namorado.
Fomos ao cinema e o Cinemark tem uma parceria com clientes do banco Bradesco e por isso, ganhei um cupom que dava direito a uma pipoca e um refrigerante. Entramos na sala pra pegar o lugar e eu virei pra ele e disse "Ah, vai lá trocar o cupom pela pipoca pra mim? Tô com um puta salto alto, tenho medo de cair nessa escada escura" e ele, que já estava sentado, me olhou com um sorriso ironico e respondeu "Eu não, vai vc", na mesma hora eu pensei "Nossa, 10 pra cavalheirismo" mas respondi, "Beleza então, vou lá pegar" e ele, não satisfeito em já ter sido infeliz na resposta, ainda virou pra mim e disse "Traz uma pipoca e um refri pra mim também?" eu falei que tudo bem - sou um ser evoluido - e fiquei parada esperando ele me dar o dinheiro DELE, que nunca veio. Além do cara não ter sido nada cavalheiro, ainda tive que pagar pela pipoca dele.

TUDO PALHAÇO!

guetoblaster disse...

isto não funfa, tu convida vai bonitinho, cheirosinho, paga a conta, deixa em casa e ainda ouve sabão !

Lisse disse...

Então eu estou lascada pois namoro há 6 meses e até agora meu namorado só me pagou um lanche na padaria. Todas as vezes que saimos pra qualquer show,restaurante,lanchonete ele faz questão de perguntar como é que eu vou pagar, se é com dinheiro ou cartão.

Bianca disse...

Ta bom, eu tive um que levou empadinha pro motel.. com coca cola. mas o palhaço era bonitão, deixa ele. rsrrsrsrsrs

Criola disse...

O meu ex-palhaço último tem um Café e lá vende biscoito também. Não que eu fosse lá pra comer de graça, porque não preciso desse tipo de coisa, mas faltava eu colocar um tapete vermelho pra criatura lá em casa. Já pra mim, nem água de torneira no estabelecimento.
Isto posto, um dia, além do café, comprei um pacote de biscoitos (caríssimo, diga-se de passagem) e levei pra casa. Dia seguinte o garoto chega lá em casa e me pede pra comer o exato biscoito que me vendeu. Disse que tinha comido tudo, de tão p.. que fiquei.
Você acha que acabou?
Sentamos pra ver um filminho, abro um outro belisquete e o dito fala:
- Esse negócio é horrível! Os meus são muito melhores (aliás, tudo dele era sempre o suprasumo do universo).
Não aguentei e respondi:
- O seu é muito caro!
E foi só isso, pessoal?
Claro que não!
Bruto diz:
- A partir de x quilos (que eram muitos) eu te faço a preço de custo.

Pior que eu ainda continuei por mais de 1 mês... pagando meus ingressos de cinema e a maior parte na conta. A palhaça não sou eu?

Priscila disse...

kkk, sei de uma muito boa. Uma amiga me contou: Uma garota queria fazer ciúmes no ex-namorado, digo PALHAÇO, contratou outro artista circense, foram pro pagode aonde o ex-palhaço estaria. Até ai blz, na hora de pagar a entrada o atual palhaço disse que tinha esquecido a carteira em casa. Acredita??? Ela pagou a entrada dele. Se fosse comigo ele ficava na porta. Depois mulher que é interesseira.

Anônimo disse...

Isso nunca me aconteceu, mas ja tive uma amiga minha q tinha namo q ela tinha q pagar tudo, eu ficava horrorizada c a atitude dele e dela aceitar isso, credo q deselegante.
q o cara nao tenha uma vez o dinheiro e a mulher pague a conta tudo bem, mas toda vez fala serio.
nao sou preconceituosa, mas quero distancia de homem pobre.
se nao tem condições de ter uma namorada, tem q ficar só.
Quero um homem q cuide de mim, to cansada de ser abandonada! Alguem tipo a m avó q era a m maezinha!
Quero ser mimada, rsrsrs

maria helena disse...

deus nos livre e guarde!!!
eu deixo falando sozinho, largo fora, não preciso de gigolô....
não aturaria nem um dia ter que sustentar marmanjo...

Nara Franco disse...

Lisse, minha filha, depois de seis meses de pão durismo já é hora de mandar esse palhaço cantar em outro picadeiro.

Palhacitos disse...

Mulher rodada, fútil, exibicionista, narcisista, com complexo histriônico, chupada e comida e chutada por vários caras nem um pouco bobos, e querendo ser tratada como moça de família, decente, honrada, virginal ... Adoro ver mulheres reclamando do fim do cavalheirismo, querendo ser tratadas como as mulheres do tempo da minha avó, lá pra 50 ou 40 anos.
Estamos na época do cavalismo, mafaldas. Quer gozar fiota ? Ajuda na conta se for gostosinha, senão pague tudo pra me convencer, pague.
Vcs fizeram muito isto com os homens, agora estão tomando o troco e tá achando ruim ... hehehe
Ah vá ...

Lee disse...

Leio e leio mais uma vez, caramba é tudo verdade... Que tipo de mulher educou estes homens... prefiro acreditar que são orfãos, orfão de educação, de cavalheirismo, de inteligência, de vergonha na cara...

Anônimo disse...

Na boa, me espanto com os comentários de mulheres que querem que o homem pague tudo. Entendi o espírito da postagem (convidou, paga, por questão de gentileza) mas existem umas garotas que querem ser sustentadas. Aí de quem é a palhaçada???
Bom, eu sou mulher, aceito gentilezas de vez em quando, mas faço questão de pagar minhas contas.

Karina macedo disse...

que situação viu...já passei por coisa semelhante,ja fiquei com um carinhana na epoca de faculdade na qual no colegial eu tinha uma paixão platonica por ele..rsrs, mulher emburrece mesmoo..me convidou pra um lanche, primeira vez q saimos tomei um refrigerante de latinhaa, 3 reais..e o cara nem se ofereceu pra pagar..ahh os sinaiss na segunda vez me convidou para lanchar..13 reais..o cara olhou pra mim tirando o dinheiro da carteira e disse: a minha parte tá aqui, falta a sua...é mole?kkkkk, foi a primeira e ultima vez q sai com o sujeito.Pior q o cara é um publicitario de certo prestigio aqui na minha cidade, metido a boa pinta e riquinho...e depois ao me ver numa festa veio me perguntar pq nao atendia mais as ligações dele...kkkkkk, até hj nao acredito que ele nao tenha consciencia disso.

karina disse...

kkkk, recentemente, final do ano passado cai na lábia de um ex safadoo, ficamos numa festa e fomos parar num motel, no final ele foi passar o cartão e deu recusado!!!kkk, ele olhou pra mim e disse paga ai e depois eu te pago, mas achei q isso podia acontecer. Pow fiquei danada da vida, mas nao demonstrei, olhei pra ele e disse: tenho nãoo (mas era mentira eu tinha, alem de saber q eu nunca veria esse dinheiro, eu acho o fim da picada a mulher ter q pagar o motel)e ele teve q deixar o celular e o relogio como garantia..rs, para depois mais tarde passar lá e pagar..rs

Mary* Coelho disse...

Meu ex comia na minha casa umas 3-5 vezes por semana. Almoço, jantar, lanche. Detalhe: eu morava sozinha, tinha que arcar com o gasto da comida, cozinhar e lavar tudo depois. E ele ainda saia de casa pra comer lá ou depois de um cinema, em vez de passar em uma lanchonete ou restaurante, queria ir pra minha casa comer.

Eu levava na boa, com umas caras feias, mas beleza. Até um dos únicos dias que fui na casa dele e fiquei até a hora do lanche. Teria cachorro quente e suco tang. Só que o envelope tava no fim e só dava pra um copo de suco. Acredita que ele falou que o suco era dele, já que estávamos na casa dele?! Obviamente eu não tomei suco nenhum, peguei minhas coisas e fui embora. É MUITA cara de pau.

Anônimo disse...

Priscila, essa sua amiga eh chave de cadeia, hein, rsrrsrs
imagina se eu faria algo desse tipo, eu fujo de confusao, ainda mais ver ou botar dois homens pra sair na porrada, afff...
vai q sai tiro no picadeiro ou pega fogo literalmente no picadeiro, JESUS!!! É melhor esquecer o dito cujo e arrumar outro palhacitos. rsrsrs.
PAZ E AMOR!!!

Lady Laura

Tata disse...

Hahahaha! Apareci no HTP, que 10 :D !! Tô devendo zilhares de palhaçadas pra vcs rirem um pouco mais, meninas... só me falta um tempinho pra escrever as histórias :P É cada uma que me acontece que só rindo mesmo

E... não... não teve nem convite para pipoquinha e nem Choppinho depois do teatro ... Depois não entendem pq a gente some... ¬¬

haha

Bjs

Bel disse...

Se fosse só "de espírito" ainda vai, pior é quando é pobre de fato e sem noção, do tipo que liga a cobrar (como se só ele tivesse sem crédito), pedir pra pagar cinema, motel, etc...

Anônimo disse...

Para palhacitos: A culpa não é das mulheres por existir palhaços muquiranas como vc.
Minha avó era de 1910 se casou aos 14 e virgem pq na epóca tinha q ser assim.E ela abandonou o marido pq ele colocou ela pra trabalhar de costureira para poder se cuidar e sustentar o palhação q depois de casado virou pilantra e qdo a policia entrou na casa m avó teve q denuncia-lo e qdo o maldito soube deu uma surra nela.Ela tentou voltar pra casa mas, os pais horrorizados com ela por deixar o marido a internou num convento a pão e água. No dia seguinte ela fugiu fazendo uma tereza.Ela se "casou" mais 5 vezes e sumia deles pq eram todos palhaços muquiranas.
Minha tia Joselina (62 anos)nunca quis se casar preferiu fazer produção independente. O ultimo namorado q ele teve qdo jovem além de muquirana como vc era um aproveitador, pois extorquia a mesma quase todo dia e por pouco a loja q ela tem nao ia a falencia, ela fez uma arapuca e pos o Moabe no xilindro.
Vc merece uma esposa tipo a marcha ré. kkkkkkkkkkkk
Era uma crente q dizia q ia enganar o marido.Era virgem só na periquita e já tinha transado com todos os homens da rua dela. Mas, pra família a mafalda era uma santa.
Não se deve julgar os outros até pq a língua da gente é um chicote, cuidado!!!
Eu só dou valor, carinho, amor e ouvidos ao homem que me ame, cuide de mim e seja fiel.Aí viro uma boneca, faço e só faço o q ele quer.Se me pergutarem alguma coisa até olho nos olhos dele antes de responder.Agora se for palhaço muquirana, então q se lasque.
Ah, falo mesmo!!!

Lady Laura.

Anônimo disse...

Meu ex palhacinho sempre íamos ao motel sempre me recomendava a não pegar nada do frigobar. (água? aqui é muito caro, quando vc chegar em casa vc bebe)

EneidaMelo disse...

Eu sou do time da anônima das 6:06, aceito gentileza de vez em quando, mas faço questão de pagar minhas contas.

Anônimo disse...

É meninas, a impressão é que os homens em geral perderam a noção, não se esforçam para agradar, não fazem gentilezas, não sabem o que é cavalheirismo. Será que a mulherada tá tão fácil assim ou eles não estão fazendo questão mesmo?

Mary Jane disse...

E eu até agora não entendo o problema de dividir as contas, sério mesmo. Sou noiva, tenho namorado há quase dois anos e sempre fiz questão de dividir apesar de as vezes ele insistir muito para pagar. Direitos iguais resultam em deveres iguais, se alguém quiser pagar toda a sua conta é um agrado não obrigação. #fIKDIK

Palhacitos disse...

Cara Lady Laura, que estória esta da tua avó héin ?!?! Mas uma mulher que erra 6 vezes, bom, deve ter algo faltando no conto.
Olha, tudo é uma questão de comprometimento, como o cara vê a mulher com quem está. Se for uma gata pra passar um sábado á noite ou fds, pra que gastar tanto ? Se for um romance de 1 mês, pra que gastar tanto ? Se for uma BA
( buc*** amiga ), pra que gastar tanto ? Só o básico, tipo bar + motel. Não tá bom ? Agora, quando é algo sério, tipo quando fui noivo e tal, banco até viagem pra fora, pq não ? É diferente, é algo que pode durar, então dou valor. As intenções são outras. Homem sabe ( Tô falando de caras mais maduros e tarimbados com mulher, não o monte de cabaços que andam de Golf sapão cheio de MACHOS ouvindo " Vem, pode chamar que ela vem, de Captiva ou de Citroen " e acham que vão comer todas novinhas)separar as mulheres em duas categorias básicas: pra comer e pra casar. Se vai dar casamento, só o tempo vai dizer, mas separamos assim.
As mulheres sempre lucraram com sua liberdade sexual, sempre podendo escolher os que lhes proveriam as emoções e experiências mais fodásticas e tirando o máximo proveito de uma vida sem regras no amor, sempre trocando de parceiro quando lhes conviam. Ainda continua assim, apesar da diminuição pra todas conforme a idade vai avançando, mas hoje estão percebendo que muitos caras não estão mais deixando serem esfolados só por causa de uma xaninha, ficamos mais espertos, evoluímos no jogo também, e vocês estão sentindo na pele ( e no EGO ). São trocadas sem dó, e tendo usufruído ( leia espoliado ) o mínimo possível do cara, porque sabemos que se é só uma foda ou 2, então que seja o mais barato que der.
Entendeu Mafalda ? É isto que tem na mesa pra comer. Se adapte e pare com a choradeira.

O verdadeiro disse...

Que maravilhosa notícia. Os otários estão acabando ... háháhá ...

Anônimo disse...

Adoroooo os palhacitos. As vezes pra nos mulheres eh dificil ler algumas verdades. Sou mulher + penso como os homens por isso naum tem palhaco no meu picadeiro, quando avisto um ligo logo meu alerta e pulo fora meu tempo eh muito precioso naum admito passar por essas situacoes q estao escritas aki.

Anônimo disse...

Peraí, se a idéia é "quem convida paga" então tem que valer pros dois, não? Se a mulher convida ela deveria pagar também né? Se eu fosse homem e estivesse nesse esquema de "gentileza", eu dava o pé na bunda da mulher que nunca me convidasse para sair. É um absurdo a mulherada esperar que um cara pague tudo, ainda mais um que mal conhece. Se a gente quer ser igual pras vantagens tem que arcar com o ônus também. Se vc não quer um cara pobre, porque ele deveria querer uma mulher pobre? E o "antigamente" não era essa maravilha de gentileza e mimos não. A mulher era a empregada e útero pro homem, não tinha escolha, podia ser abusada e tinha de ficar quieta porque ele era dono dela, porque ele a comprava. Pensem nisso quando ficarem saudosistas.

Oráculo disse...

Deixa eu ver se eu entendi, a estima do rapaz se dá no fato de ele não ter pago o seu ingresso? é isso mesmo? sério??????

Colega, o cara nao tem obrigação moral nenhuma de te pagar ingresso, vocês adoram esbanjar "direitos iguais" mas na hora de pagar, o discurso some. Porque você não pagou pra ele? porque é ele que tem que te agradar? E se ele tem que te agradar, o agrado tem que ser financeiro?

Não te conheço mas essa declaração foi muito vazia, eu hein. Achei que mulher valorizasse o papo do cara, se ele da atenção na frente dos amigos, se ele tem boa pegada, enfim.... francamente, que cabecinha hein moça?

jacqueline disse...

Um sujeito que não paga nem o ingresso do teatro, só se for mais novinho ou estudante e mesmo assim, para sair uma vez e só.

Oráculo disse...

pq meu comentário nao foi aprovado?

Anônimo disse...

Concordo em número e gênero com o Oráculo!

Anônimo disse...

Gente, não entendo essas coisas, sério mesmo...
A gente não quer direitos iguais? Direitos vêm com uma carga de responsabilidades também !
Quer trabalhar, ter seu próprio dinheiro (vantagens do feminismo) mas quer que o homem seja provedor e pague tudo sozinho? Ou seja, quer vantagens dos dois lados.. Lamentável isso...
O cara não tem obrigação alguma de pagar ! Cada um que pague o seu !
Nara, não entendi essa parte : "Amigo, pra comer tem que fazer algum esforço."
Até onde eu sei homem quer comer da mesma forma que mulher quer dar...Também temos prazer !!! De outra forma qual seria a vantagem em sair com um homem? Apenas a vantagem de ir pra teatro 'na faixa'???
Sério, fico triste com essas coisas. Por isso há tantas críticas contra o feminismo. Enquanto o movimento prega igualdade, certas mulheres acham que o feminismo prega vantagem.
:(
Ass Bianca

Kelly Keixa disse...

Eu já tive namorado palhaço, tipo que é pobre e faz questão de continuar assim porque tinha quem pagasse pra ele... otária. Mas não vejo como obrigação, apenas gentileza, não custa pelo menos se oferecer para pagar. Eu não aceitaria, a menos que ele fizesse muita questão mesmo, mas ficaria lisonjeada.
Quanto à conta do motel, acho que se é para prazer dos dois, tudo bem dividir. Porém também fica mais bonito fazer menção de pagar, ao menos. Bobagem, num mundo em que muitas mulheres ganham mais que seus parceiros, exigir "ser sustentada". E olha que meu namorado atual, que também ganha (um pouco) menos que eu, vive me mimando. Me dá presentes caros, prefere pagar para mim, me traz café numa bandeja, flores, cozinha... A mulher não é objeto de prazer do homem pelo qual ele deve pagar para usufruir!

Fex disse...

Plena era de Marcha das Vadias, e vocês aqui chorando pitanga por causa de homem que não paga a conta.

Eu acho esse blog o máximo, porque, realmente, as moças passam por cada uma que parece ficção de humor. Mas este post perdeu a mão.

As histórias nos comentários estão mais condizentes que o post em si. Mas os comentários são patéticos, "ter condição de ter namorada", "quero distância de pobre"? Bem, é seu direito, mas você está dando suporte para homens que pensam que, por darem suporte financeiro, têm direito a exigir "compensações" em outros quesitos.

Vocês querem distância de homem pobre? E eu quero distância de mulher parasita.

"Quer comer, tem que se esforçar"... cada merda que a gente lê...

ELCB disse...

Pior do que ter um palhaço que não paga o ingresso é ter um que após pagá-lo te estende o ingresso e pergunta: E o que ganha em troca??? No primeiro encontro!!! Se era para pedir um beijo foi horrorosa a estratégia!!!! Ganha um cartão vermelho para futuros encontros isso sim!

Carol disse...

ai, não sei. acho meio ridículo hj em dia mulher querer que homem pague alguma coisa. fica parecendo q, como quem vai ter prazer é ele, a gente tem que receber de outra forma. eu ñ ligo de pagar conta, contanto que eu me divrita tbm!

Hellen disse...

Passei por uma situação muito semelhante. Conheci um rapaz pela internet e depois de um tempo conversando ele me convidou para ir ao cinema, mas logo em seguida mandou a seguinte frase: "Mas cada um paga o seu tá, sem cavalheirismos." Na mesma hora o deletei. Não é questão de ter que me bancar, até porque sou totalmente a favor de dividir a conta, mas acredito naquela máxima "Quem convida paga". Faço isso até com meus amigos, e se eu o tivesse convidado me ofereceria para pagar, sim. Fora que ele foi mau educado ao dizer isso assim, do nada, antes do encontro sem eu ter insinuado nada de pagamentos de ingresso. Desnecessário.

Anônimo disse...

Acabou esta de homem pagar a conta. Os tempos são outros.

Catarina disse...

Empresária colega, como assim você está criticando o palhaço por não ter pago o seu ingresso?

Onde a senhora pensa que vive? Na Suíça? Em Luxemburgo? Na Escandinávia? O salário mínimo do Brasil é R$ 622,00, colega! Acorde!

Pobreza não é demérito, não - ou ao menos não deveria ser.

Palhaço fdp gigolô que não trabalha e quer ser sustentado pela empresária não merece sequer a atenção, mas se chatear porque o cara quer dividir a conta ou porque pagou e quer reembolso?

Não suporto que palhaço desconhecido pague coisas para mim exatamente para não vir com a ideia de que "pagou, agora tem o direito de comer", mas, pelo que estou vendo aqui, tem muitas mulheres que não podem mesmo reclamar quando o palhaço a trata como propriedade.

"Quer comer? Faça um esforço"? E você não quer dar?

Sou do time das que têm consciência de que direitos iguais vêm com deveres iguais.

Estou completamente chocada com a postura de algumas empresárias circenses...

Monica de Castro disse...

Gente, eu tive um palhaço que levava refrigerante pro motel, não só refrigerante como o café da manhã inteiro quando saiamos pela manhã. Depressivo!!!

Ze da Silva disse...

Pobre mulher indefesa, não consegue pagar as próprias despesas, vendendo o corpo para conseguir ir ao teatro...

Igualdade? Só quando for conveniente.

Anônimo disse...

Se vc escolhe o cara com que sai pelo que ele PAGA pra vc, não pode reclamar quando ele te tratar como MERCADORIA...

Anônimo disse...

CAVALHEIRISMO: É como as mulheres chamam a parte do machismo que elas acham conveniente...

Eu acho que qualquer um sabe o nome da profissão onde uma mulher sai com um cara em troco de favores financeiros...

Anônimo disse...

Prefiro os homens evoluídos, pois me tornei uma mulher evoluída. Dentro de um relacionamento os direitos e deveres são iguais. Na minha cabeça n existe regras de que o homem deve pagar tudo, eu trabalho e consigo me sustentar, mas nunca saí com homens q me pediram para pagar a conta, embora eu sempre me ofereço para dividir. Acho válido sair com homens que sabem cumprir seu papel de homem e n de muleques sem conteúdo.

Vanessa Little disse...

Estou assustada com esse tipo de mulher que posta aqui. Ok, o post era sobre o cara convidar para o teatro e não pagar a entrada dela. Não é sustentar o cara. Mas os comentários ditam mulheres que não aceitam dividir as contas nem mesmo quando já há um relacionamento.
Desculpem, mas vocês que estão sendo PALHAÇAS!

A mulher lutou tanto para chegar onde está, para serem profissionais reconhecidas e agora precisam que um palhaço as banquem?

Como o outro cara falou: parecem nossas avós submissas das décadas de 40 e 50 que viravam donas de casa e do maridinho que lhe dava mesada.
me poupem!

Ele tem que pagar a dele, isso sim, mas eu faço o que quiser com o meu dinheiro. então queridas, se querem um macho pra te bancar, vão ter que se sujeitar a TUDO o que eles quiserem, como cadelas deles. E cadê a liberdade sexual? Cadê a liberdade de opinião? Nada, pq vcs sendo bancadas não tem direito a nada.

Escolham. Não dá pra ter tudo. Mercenárias que depois ficam aí chorando solteiras, sozinhas e só PALHAÇO que aparece na vida, pq? Pq não tem valor! Acordem!

Se eu convido, eu pago a minha. Se ele convida, ele paga. Se ele oferecer para pagar tudo, será uma gentileza que contará pontos, mas na próxima, eu posso fazer o mesmo.

Queríamos tanto direitos iguais pra virarmos mulherzinhas? AFF

Anônimo disse...

Essas feministas são umas tontas...nos fazem passar tanto desaforo, tudo como os reizinhos querem, na hora que querem. Alem de gastarmos em maquiagem, depilacao, lingerie sexy, cabelereiro, o esforço deles é minimo... e ainda querem comidinha delivery grátis? Tenho ótimas condições, mas para equilibrar, que paguem mesmo, É O MÍNIMO! Pagam cachaça pros amigos para se exibirem, pelos hobbies, games, a quadra de futebol e na hora de sair com mulher quer de graça? Reclamam pra caramba de gastar com mulher, nem tempo, nem dinheiro dedicam, fiquem sem ou peguem essas trouxas. Não existe almoço grátis!!