Páginas

segunda-feira, 17 de maio de 2004

Médico palhaço

Na minha última ultra, perguntei se já dava para saber o sexo do bebê. O médico disse q não, mas logo em seguida afirmou: "é homem! Tem cerébro!" Meu namorado demorou para entender a piada, achou q estivesse falando sério. Depois que pegou no tranco deu aquela risada de cumplicidade masculina, quando um deles manda uma piadinha machista sem graça (palhaço, também!). Fiz uma interjeição qualquer de desprezo e ele se desculpou meio sem graça. Passei direto pelo assunto, afinal estava num momento muito especial para me preocupar com bobagens de homens.

Outro dia, porém, estava folheando uma revista de bebês quando me deparo com o seguinte artigo: "Diferenças entre os sexos desde cedo". Eles montaram uma tabela com as principais diferenças no desenvolvimento de meninas e meninos, de acordo com as primeiras fases do nascimento. Na primeira etapa, antes do nascimento ocorre algo muito interessante, vejam só: meninas - o cerébro se desenvolve mais depressa e estabelece mais conexões entre os hemisférios pelo excesso de estrogênio; menino - o cérebro se desenvolve mais lentamente, principalmente o lado esquerdo, por causa da testosterona.

E assim prossegue o crescimento da ambos, a menina sempre mais esperta e sociável que o garoto. Já existe até uma tese que defende que o menino seja atrasado um ano na escola, para ficar no mesmo nível que as garotas. Acho q vou levar essa revista para o médico na próxima consulta.

2 comentários:

claramusician disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkk!!! Essa foi uma das melhores!

Ana Cláudia disse...

Leve sim. O doutor Patatá vai ficar com a cara no chão...