Páginas

terça-feira, 25 de março de 2003

Por que eles fazem isso?
Esta é a pergunta que não quer calar. Lendo o último post da Ana Paula, lembrei da conversa que tive há pouco tempo com uma amiga:
Ela: - Estou saindo de novo com o Rogério, aquele do pau enorme.
Eu: - Um q tinha sumido?
Ela: - Ele mesmo, apareceu de novo. Nos encontramos no Skol Rio.
Eu me lembrava da história. O palhaço levou minha amiga para dormir em casa, apresentou à mãe, ao pai, ao cachorro, ao gato e ao papagaio e depois tomou chá de sumiço.
Ela: - Pois, é, mas ele é só pra comer. Não quero mais nada dele. Só não entendo uma coisa: ele me liga umas três vezes na semana, até eu concordar em sair com ele. Depois some de novo. Depois reaparece e me liga direto. Por que ele liga tanto? Eu só quero dar para ele também...
Só para contextualizar: o palhaço tem trinta anos e até hoje só teve uma namorada. Foi chifrado e ficou traumatizado. Minha amiga acha q o mau comportamento do rapaz é porque ele ainda gosta da moça. Como ela me perguntou, eu tive que responder. Meu diagnóstico é que o bruto tá afim de marcar o terreno, mas não quer configurar um compromisso. Por isso ele liga para garantir a comidinha, e depois dá um sumiço básico para não se comprometer. Parece óbvio mas eu mesma demorei para entender isso. Foi Roberta Carvalho, aliás, quem me esclareceu. O ponto que ainda ficou obscuro para mim e para minha amiga é o seguinte: se eles só querem sexo, por que são tão carinhosos, solícitos e atenciosos? Nós, quando não estamos muito afim, não demonstramos tanta afetividade. Ou a gente gosta e quer ficar com a pessoa, ou então cagamos e andamos. Pra gente não existe o meio termo, mas acho q para os homens, sim. E aí, o que vcs acham da questão?

3 comentários:

Beto disse...

o que eu acho é que nós [homens e mulheres, não eu e vc] devíamos curtir o jogo ao invés de decorarmos regras e/ou dar bola pro árbitro.

Hadassah disse...

Eles (homens) nao associam carinho a "Gostar", so ao momento.

Anônimo disse...

O problema é que todo precisa saber se está: namorando, ficando, comendo ou "amando".