Páginas

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Novela dos Palhaços Maridos

Pois deixemos os Palhaços Sovinas de lado um pouco e vamos aos Palhaços Maridos. Amiga desde blog apareceu na repartição com uma bolsa nova. Estranhei um pouco a princípio e, quando reparei bem na bolsa, estranhei mais ainda. Era uma bonita, mas, digamos assim, meio perua. Confeccionada em couro, com umas dobras que dão volume, grande com alças curtas, meio horizontal, num tom marrom claro que não sei classificar e detalhes em dourado. Por detalhes entendam placas maiores que meu relógio de pulso prentendo as alças. Repito, era uma bolsa bonita, mas em nada combinava com a moça, que faz um estilo urbano-despojado-hippie-chic: ela exibe longa cabeleira e, via de regra, traja calça jeans, camiseta e chinelo.

Cara de pau que sou, não aguentei e inqueri "cara, onde tu arrumou essa bolsa?". Ela riu. Foi presente do marido. São recém casados. "É que ele tá acostumado com a mãe, ele só dava bolsas de presente pra ela... ele disse que a cor combinava com meus cabelos", explicou sem graça tentando desculpar o palhaço. Ah, tá.

Que beleza, a moça vislumbra uma feliz vida matrimonial pela frente, com uma belíssima coleção de bolsas de perua, já que o bruto não sabe diferenciar a mãe da esposa.

25 comentários:

F. Gandra disse...

Ah, ele nem foi palhaço !
Venhamos e convenhamos que ele foi bonitinho, apenas não soube escolher bem o presente!

Isso acontece com a maioria dos homens! =D

Renato disse...

Se ela não tivesse gostado da bolsa não estaria usando, não?

maria helena disse...

ai coitada....
esse casamento não dura muito não...
pelo menos comigo não se criava!!!

Belzinha disse...

Pelo menos dá presente rss Claro que não tem lá muito bom gosto, mas isso desculpa-se. Homem não precisa ter bom gosto, basta boa vontade :p

Dona Lô disse...

Isso é que é dose... Ser comparada à mãe do sujeito, sendo ela legal ou não, é o fim!

Angélica disse...

Não acredito... até num feliz relacionamento vocês têm que meter o nariz sem serem chamadas? Perceba que, dizendo o que diz, está chamando a amiga de otária, por ter casado com o "palhaço". Tudo bem que vocês não tenham sorte com os homens (eu também não), mas deixem as outras curtirem a sorte delas, pô! No meu bairro a gente chama isso de inveja.

Marco disse...

Palhaça ela mesmo... tão difícil dizer que não gostou e quer trocar... ou que não gosta de ganhar bolsa... bola de cristal só vidente tem...

Inês disse...

AAAAAAAAH ADOREI ISTO AQUI!
Os homens são uns palhaços!!!
Gênio!

Lady Metal disse...

Nem foi tão palhaço assim...é raro homem que sabe presentear sem que seja necessário desenhar uma seta apontando ESSE É O PRESENTE QUE EU QUERO.

Dona Lô disse...

Mas, Angélica, eu, pelo menos, não condeno o fato de o cara ter dado presente nada a ver, acho qté legal a intenção. Não tenho inveja não, o que comentamos, eu ao menos eu, foi o fato de ele ter feito isso pensado na mãe. Eu até concordo com a Belzinha: isso se desculpa, afinal, se tem uma coisa que homem não tem é o tal do bom gosto, né? Mas que bom que pelo menos ele se lembrou e se importou. Ponto prá amiga empresária.

Van disse...

Acho engraçado as pessoas que ficaram revoltadas. Ele num é mesmo um palhaço, até concordo. Mas num saber diferenciar MÃE de ESPOSA é F$&*%!!!

Luisa Maria disse...

Eu tb achei que ela que foi/está sendo palhaça... Não gostou, não usa, troca, dá um toque pro marido, sei lá..
Por outro lado, ela só quis ser fofa com ele, uai. Ele quis agradar (tão bonitinho, dizer que a cor combina com os cabelos), ela não quis fazer desfeita. Achei lindo essa troca de gentilezas. Depois a verdade virá à tona e os dois vão rir do mico compartilhado. Ou não. E com o tempo, ela vai botando ele no jeito. Homem demora, mas aprende (rsrs).

Paola disse...

Se ela ficar fingindo que gostou do presente ele nunca vai saber o que ela gosta de verdade. Pelo menos ele tentou.

Contorcionista disse...

Dá um desconto pra ele. Pelo menos, tentou agradá-la e acho que conseguiu o feito. Caso ao contrário, a mulher já teria trocado na loja.

Lisa disse...

Não acredito... até num feliz relacionamento vocês têm que meter o nariz sem serem chamadas? Perceba que, dizendo o que diz, está chamando a amiga de otária, por ter casado com o "palhaço". Tudo bem que vocês não tenham sorte com os homens (eu também não), mas deixem as outras curtirem a sorte delas, pô! No meu bairro a gente chama isso de inveja.[2]

Concordo, e digo mais: começo de relacionamento, é natural que ele não conheça tanto as preferências dela, e TENTE fazer um agrado usando o que ele conhece sobre presentear mulheres, mesmo q a referênca não seja a melhor. Mas ele TENTOU, pensou nela, pensou na cor dos cabelos dela, fez o esforço. Pra mim, isso conta muito. Logo, ela pode conversar com ele, com jeito, e os dois vão rir disso. Casamento é isso, aprendizado diário. Se você vive de mal com a vida e acha que tudo é palhaçada, aí é problema seu. Deve ser por isso que o seu deu errado.

Anônimo disse...

Palhaçca foi ela, que não pediu pra trocar a bolsa !!!

Anônimo disse...

eh por isso que continuo dando liquidificador e panela!!
Assim voces reclamam com razao =]

Babi disse...

Concordo! Pelo menos ele tentou...

Eu sou casada há 4 anos e ultimamente só tenho recebido buchas.

Aliás, tenho umas boas historias pra contar, comofaz?

bjo
Babi
bmaues@gmail.com

Cinara disse...

A inteção até que foi boa...Só que homem além de palhaço é meio desligado pra essas coisas, mas comparação com a mãe ninguém merece...

KaH disse...

Ahh esse foi palhaço... mas ao menos deu um presente.

Mas aconselho a moçoila a já deixar claro para o marido que mãe é mãe... esposa, é outra coisa... e que é melhor ele prestar atenção nela e saber diferenciar... senão daqui a pouco é ela que estará fazendo o papel de mãezinha...

Luciana disse...

Num achei palhaço não... Gente, o marido quis acertar mas não sabia como, daí foi no caminho conhecido... Nada mais masculino que isso! Acho que a caléga tem que ir dando uns toques, ensinando o marido de levinho, afinal não é isso que a gente faz, vai adestrando o que a gente acha melhorzinho? rsrsrsrs

Silvia disse...

Sorte dela, eu casada ha 3 anos, e meu querido palhacinho marido nao me da p#%$@ nenhuma!

elis disse...

Ah, sinceramente , metendo meu bedelho, ele foi gracinha, não entende nada de estilo, mas quis ser legal, é só ela ir mostrando o caminho que ele aprende. O que a Maria Luisa comentou sobre a troca de gentilezas, esse é o caminho, sou a casada à 22 anos e é assim mesmo, cair de pau em cima dele por um erro tão minúsculo não é legal.

Anônimo disse...

Meu namorado pede pra mãe comprar os meus pesentes (diz que não sabe o q dar)...é um anemal...
Eu sempre agradeço A ELA...

Helô disse...

daqui a pouco vai pedir pra ela cozinhar quinem a mãe, fazer cafuné quinem a mãe, botar pra dormir quinem a mãe...