Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Futuro Pailhaço

Bem, eu, empresária circense, sempre fui criteriosa com a escolha dos palhaços a ocupar o picadeiro. Depois de um namoro longo com um palhaço gente boa, mas muito parado no tempo, resolvi viver minha vida em carreira solo. Algum tempo depois, um amigo me apresenta o Palhaço Egoísta. Primeiro virou um F.G.T.S. mas depois foi ficando e acabou de carteira assinada. Pouco tempo depois me vejo grávida. O bruto balançou, mas não chegou a fugir não. Assumiu. Mas, palhaço que é palhaço tem que fazer o espetáculo. Logo deixei claro que não queria casar nem morar junto. Se essa não era a intenção antes da gravidez, não seria agora, só por causa da gestação. Sempre fui muito independente. Aluguei uma casa e estou mobiliando (tudo sozinha). O agora Pailhaço Egoísta tinha já demonstrado seu lado egocêntrico com frases como "Eu não vou colaborar em nada (com a mobília da casa nova) porque já sou um 'colaborador involuntário' (se referindo à gravidez não planejada". Pera lá... ele foi vítima de estupro? De um golpe boa noite cinderela? Não, né! Demiti sim o bruto do picadeiro. Falei que me viraria sozinha com a minha vida, mas o filho era sim dos dois. Manteríamos boas relações pela criança.

Tudo funcionou muito bem, até o pailhaço tentou se reaproximar e tal. Mas o espetáculo ainda não estava completo. Como estava bancando tudo sozinha (o aluguel da casa nova, todos os reparos como pintura e tal, peguei empréstimo para mobiliar a casa toda), pedi ao digníssimo que comprasse APENAS os móveis para o quarto do bebê. Ainda deixei claro que não pediria nada a ele pra mim, apenas para o bebê. Hoje ele me liga e pergunta quanto seria o quarto. Explico que o berço, guarda-roupa, comoda e poltrona para amamentação teria o preço X que eu já tinha pesquisado. Ele fala "ahh, escolhe UMA OU DUAS coisas dessas aí que eu tô enrolado!". "Como assim? Não posso escolher. Onde vou amamentar? Onde vou trocar o bebê? Preciso de tudo isso. Estou muito endividada e não tenho como comprar mais isso" rebato. Então, rufem os tambores, ele manda: "Entende o meu lado. Estou muito enrolado, meu carro tá cheio de problemas! Tenho que consertar". Quando falei que eu tava dando o jeito na minha vida e estou gastando quase 10x mais o valor do quarto com a casa nova e que ele deveria dar um jeito para PELO MENOS comprar o quarto, a ÚNICA COISA que eu tinha pedido, ele finaliza: "eu não tenho condições, e não vou ficar me ferrando por causa disso (isso= o bebê)". Detalhe, o palhaço não é nenhum pobre coitado. Um bom carro, um bom emprego e tal. Fim das contas: eu, grávida (com uma gravidez de risco), passando mal com toda essa discussão finalizei com um "deixa que eu compro tudo. Deixa pra lá!"

Isso porque ainda faltam nove meses para o nascimento.

Leitora V.F.

43 comentários:

Anônimo disse...

Querida, eh muito simples: nao discute nada diretamente com ele. Vai na justica e exige a pensao para o bebe. Dai ele vai ter que pagar ou vai para a cadeia. Simples assim. Justica existe eh para isso mesmo, para acabar com as palhacadas desses babacas que fazem filhos e depois nao querem assumir a responsabilidade.

Ellen disse...

Aff, é por isso que eles abusam...Vocês sempre "deixam pra lá"...

Palhacitos disse...

Este é um dos grandes futuros que uma mulher que se submete á ser o Lanche Garantido de Toda Semana poderá ter ... Mais 02 vidas destruídas. E não estou incluíndo o Paiaço.

Luiza disse...

Esses palhaços estão cada vez pior. Isso já deixou de ser palhaçada há muito tempo. Homem é um bicho muito estranho mesmo.
Palhaço!!!
Na hora de fazer o baby ele não foi um "colaborador involuntário", provavelmente estava era bem voluntarioso.
Mas guerreira como mulher é, vai se sair bem.
Sorte*

maria helena disse...

é por essas e outras que aos 43 anos nunca engravidei... bem capaz que vou dar a qualquer mané palhaço a honra de ter um filho meu.... tem que comer muito feijão prá provar que merece!!!!

Anônimo disse...

Eu faria questão de ajuizar uma ação e pedir alimentos gravídicos.

Anônimo disse...

Acho que a falta de comentários até o momento, é que a atitude do bruto é tão bizarra que não dá pra comentar....

Anônimo disse...

É sempre assim. Daí, depois de de alguns nos, com o filho já criado, como já vimos em outras inúmeras histórias o pailhaço bate no peito e diz: - esse é meu filho.
Mas o certo ele não diz: Quem criou sustentou e deu tudo foi a mãe.
Palhaço!

M disse...

Eu NUNCA deixo "prá lá". Se não cumprir com a obrigação por bem, tem que cumprir por mal. Como vc mesma falou, ele não foi estuprado, então tem que assumir as atitudes!

Dona Mila disse...

Sem querer criar polêmica, será que não seria mais justo dividir o quarto do bebê (e pintura e o que mais fosse necessário para este cômodo) por dois? Tá que a empresária está reformando a casa, mas poxa, é a casa dela. Se o pai resolver montar um quarto na casa dele pra criança, ela vai mobiliar? o.O

Anônimo disse...

Eu ia na Justiça... ainda mais que o seu palhaço já deu provas de que é bem palhaço mesmo.
Eu, como filha, passei pela mesma situação. Meu pai tbm por vezes não deu um centavo sequer pro meu sustento. Qdo dava, minha mãe tinha de rastejar, e era coisa pouca... ah sim, meu pai tinha - e ainda tem - excelentes condições financeiras. Ou seja, não havia justificativas para a não-ajuda.
Eles não valem nada.

Anônimo disse...

Eu ficaria na duvida:
ou colocava um puta processo nele, exigindo pensão e o cacete,
ou mandava vazar e não deixava nem olhar na cara do pimpolho.

Anônimo disse...

Peraí: vc ficou grávida por quê? Queria ser mãe? Ou na emoção do vuco-vuco achou que bastava ter muita fé e algum santo se transformaria num preservativo invisível pra te socorrer na hora?

É isso, se tem palhaços é porque tem empresárias...

Daniela disse...

Concordo com o anonimo! So mulher mas tem umas por aí que envorganham a raça. Por que ele tem que bancar o quarto todo sozinho? Filhinha, se atualiza.

Anna disse...

Dona Mila, a casa é dela e do filho. afinal em qeu fogao ela vai fazer papinha pro nenem, em que geladeira ela vai guardar, em que banheiro ele vai tomar banho, em que tanque serão lavadas as roupinhas, etc?

Dayne Dantas disse...

Porra. Eu fudia esse fdp na justiça. Não falava mais nada, só ferrava ele. Tomar no cu, rapá.

mariana disse...

Faltam nove meses pro nascimento?! você descobriu que tava grávida no dia que fez o sexo que te engravidou?! O.o

E concordo com a amiga ali de cima: o justo seria vocês dois dividirem a mobília do quarto, ué. a dívida que você assumiu para a casa é sua, assim como a dívida do carro é dele. como o bebê é dos dois, tem que ser dividido pelo dois.

não achei palhaçada nenhuma...

Aninha disse...

"Faltam nove meses pro nascimento?! você descobriu que tava grávida no dia que fez o sexo que te engravidou?"

eu também tinha achado graça nessa conta, mas deixei pra lá porque a estória é em si absurdamente dramática. é palhaçada, sim, das feias.

Miss Daisy disse...

vc é mto sangue frio...coloca na justiça e pede um valor bem alto...eles pedem para colocarmos tudo q gastamos com a criança...fode ele ai!!!

Anna disse...

mariana, se é para dividir tudo tem que colocar a metade do aluguel e a metade da mobilia das areas comuns da casa toda, afinal o bebe nao vai morar so no quartinho dele, alem de metade da conta de luz, do condominio, etc. bebes precisam de muito mais que berço e leite.

vitimas do Banco Santander disse...

Vejamos, a mobília da casa dela é só dela, a casa é só dela. Faltam nove meses e já sabe que a gravidez é de risco?
Nem cresceu a barriga e tá atrás de $$.
O estorinha mal contada?!!?

Não quer dividir o valor do quarto.

Ainda escolhe o bofe errado...

Dona Mila disse...

Anna, e antes ela vivia como, um isopor e um fogareiro no meio do barraco? Se precisou pegar empréstimo pra mobiliar a casa nova toda, podia ter começado com o essencial, né? ¬¬
Ação de alimentos no palhaço já, porque não interessa se o cara quer ou não quer o filho, tem que participar; mas essa indignação toda, hm, sei não. Meio tirar leite de pedra.
Tipo uma que colocou no cálculo de despesas com a filha (bebê) meia conta de telefone, meio IPVA e seguro do carro... falta de bom senso, né?

Anônimo disse...

nove meses pro nascimento... e vc jah mudou, alugou, estah reformando? jah sabe que a gravidez eh de risco? isso normalmente se sabe um pouco mais a frente da gestacao... no inicio soh existem duas opceos : feto viavel, ou nn. Jah orcou quarto do bebe?
Isso parece algo fabricado apenas pela sua cabeca.

Anônimo disse...

É, a história tá BEM mal contada. 9 meses pra nascer e tem gravidez de risco...tsc tsc

tb não achei que ele foi um sacana não,ele disse que pagava uma parte,não sei pq tem mulher q acha que o homem tem que pagar tudo(ela queria oq?que o cara reformasse a casa dela toda?palhaçada dela,isso sim). Além do que,o cara nao se transformar da noite pro dia num palhaço,ela sabia onde tava se metendo(e metendo sem proteção,diga-se de passagem) não sei do que vem reclamar

Camila disse...

Na boa, o cara é um tremendo palhaço. E vcs ainda querem questionar a atitude da mulher, fala sério. Ele por acaso argumentou sobre a divisão do orçamento do quarto? Ajudar nas despesas do próprio filho é considerado pelo mesmo como "se ferrar" e a gravidez em si é considerada como "isso"...enfim uma série opiniões dignas de um Senhor Palhaço. O engraçado que a responsabilidade da gravidez sempre é da mulher né, mas é necessário um espermatozóide tb para gerar um feto e se o homem ejacula dentro ou "fora"(sem preservativo)...ele é tão responsável qto a própria.

Anônimo disse...

Nem sempre se precisa esperar para a gravidez evoluir para ela ser considerada de risco.
Às vezes o próprio estado de saúde da mãe já serve para caracterizar uma gravidez de risco, independente da altura em que a gravidez se encontra.
Com tantas mulheres comentando acima que era impossível ela saber se é de risco no início da gravidez, resolvi pesquisar no ABC da saúde http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?208 e vi que a maioria dos fatores listados existem previamente à gravidez, e não conforme ela evolui. Por exemplo mãe com epilepsia = gestação de risco, nada a ver se é 1 mes, 6 ou 8 meses.
As pessoas precisam pesquisar as coisas antes de falar bobagens.

Marcia disse...

Concordo plenamente, eu também tive uma gravidez de risco que foi detectada no primeiro mês (descolamento de placenta)o que resultou em aborto. o que percebo é que muitas pessoas gostam de julgar, atirar pedra, queria ver se fosse com elas. Realmente pra mim é o cúmulo do egoísmo o cara que ganha bem se preocupar mais com o seu carro do que com o seu próprio filho... aff... cada uma...

Marina disse...

é por isso que eu acho que certos homens deviam nascer estéreis.

agora convenhamos, ela se arriscou demais dando chance pro destino de ficar gravida deste cara, devia escolher melhor a sombra pra amarrar o burro.

E com essa historia de querer ser independentes, as mulheres estao pagando um preço mto alto. Imagino o que ela nao tah passando tendo q ir no medico sozinha, fazer emprestimo pra mobiliar uma casa, fora estar passando os problemas naturais da gravidez (enjoo, inchaço, etc) e ainda tendo q ir trabalhar todo dia como se nada estivesse acontecendo.
Sinceramente, eu ainda acho q o jeito antigo, de namorar, conhecer melhor o cara e daí sim casar e pensar em ter filhos ainda é o melhor pra mulher e para as crianças, afinal existindo um pai presente, é melhor pra todos.

Nessa disse...

Amiga... advogado urgente!

Lindinha disse...

Olha...
fIQUEI IMPRESSIONADA com a idéia das que comentaram aqui para dividir o valor do quarto...
Bom ele já falou que não iria ajudar em nada, só isso é porrada que basta,porque mesmo sendo um ato de irresponsabilidade, a culpa é dos DOIS,agora,uma vez que ele não vai ajudar em mais nada nada mais justo que pagar o quarto,e outra coisa...ele poderia falar...vamos escolher moveis masi baratos e daí compramos tudo...Agora, meu carro quebrou...Por Deus né...

Só por ultimo, acho que no momento que vc abre mão de exigur uma coisa que é sua por direito, vc não a merece,procure um advogado e cobre pensão SIM!durante tpda gravidez...o filho é dele tanto quanto seu ...
Agora se vc não for atras, pode chorar a vontade, que de nada irá adiantar...

Anônimo disse...

anonimo e Marcia,Não tem como ela ter gravidez de risco faltando 9 meses para o nascimento.mesmo porque,caso vc realmente tenha procurado coisas sobre o assunto,se eu deveria menstruar(para uma mulher de ciclo de 28dias) hoje e não veio e amanhã eu fizer o teste e der positivo eu já estou grávida de 4 semanas(na realidade fica entre 10-20 dias mas se usa esse calculo e é a partir dele que se diz 9 meses grávida).

Mantenho minha opiniao,CLARO que o CARA TÁ ERRADO mas é um vacilo enorme voce transar sem camisinha com um cara assim(que mto provavelmente nao mostrou ser um otário do dia pra noite não). Ela fez merda e tá pagando por isso,infelizmente em dobro

Mad Hatter disse...

Vcs planejaram engravidar ? Combinou com ele ?

Faltou pilula ? Achou q ele iria encarar numa boa ? Faltou camisinha ?
Vcs falaram sobre prevenção ?

Ele foi muito deselegante, mas vc deu uma vacilada das grandes. Não pode só imaginar que o cara é maduro o suficiente para a paternidade, chegar com uma surpresa desta e querer que tudo corra bem.

Azar o seu, dele e da criança. Mais responsabilidade da prx vez.

Anônimo disse...

Tenho lido alguns coments e gosto principalmente dos palhacitos. Homem q diz e verdade sobre outros homens, as mulheres eh q tem q comecar a pensar como eles. Essa empresaria ai vacilou plantou e agora vai colher...

Anônimo disse...

opinião: vai logo pra justiça e ainda divulga o nome deste palhaaço pra queimar logo o filme dele, cruz credo um homem desse.

Julio palhaço disse...

Caramba quanta mulher burra.

O palhaço até que não ta se negando com nada, mas a querida aí nao sabe o que é anticoncepcional? Quer dar sem compromissos sem tomar anticoncepcional? è mais topeira que o palhaço. A queridona aí nao sabe que vai carregar 9meses um bebê e que ele tem que viver uma vida toda? Quer dar por aí que nem loca, sem anticoncepcional, e não tem a mínima base para um bebê?

Desculpe mas vc é realmente muito burra.

Anônimo disse...

Não dá para planejar a compra disso DURANTE os 9 meses de gravidez? Precisa comprar e ficar 9meses com o negócio pegando pó? Conversar que nem dois adultos ajuda nesse caso. O cara pode palhaço, mas ela é bem folgada! Afinal, se ele não foi vítima de estupro, ela também não. Justo Justíssimo, seria ela pagar metade do quarto.

Anônimo disse...

ah pelo amor de deus,palhaça é vc.
pq vc foi engravidar de um fdp desse?
era carencia? era desespero pra ter um filho de qualquer jeito?
filho não é brinquedo,não é uma coisa que vc acorda um dia e resolve ter pra matar suas carencias e brincar de boneca com ele.
porra,acorda!
sou mulher,não sou machista,mas vc é muito burra!
filho só é pra ter quando vc conhece um cara legal,depois de muito tempo se relacionando,de preferencia casados (não necessariamente,mas é bom) um cara que vc conhece e tem intimidade suficiente pra saber que ele jamais te largaria na merda com um filho.
e,porra,vc não pensou na criança,não?
essa criança não tem culpa de nada e tá vindo já com uma mãe desmiolada e um pai que caga pra ela,olha que maravilha vc arrumou,né?
se resolvesse ter filhotes com um cara que presta e não a primeira merda que vc ve pela frente,essa criança,o seu filho,que como já falei,não tem culpa de nada,teria um lar,um pai e uma mae pra ajudá-lo,pra fazerem tudo por ele,isso influencia sabia,no desenvolvimento da criança.
e outra,vc diz que não estuprou ele,que não deu boa noite cinderela,beleza.
mas e vc aí? não tomou pílula? o que mais tem é anticoncepcional,de todos os jeitos : diu,injetável,adesivo,etc,etc
engravidou porque quis,de um merda e agora se foda aguentando as consequencias e para de reclamar.imbecil.

deborah scheffer disse...

Meu bem, vc sabia que pode ajuizar uma ação na justiça pedindo alimentos durante a gestação?!
Eu aconselho que o faça, pois mesmo que você seja orgulhosa demais para pedir, o dinheiro é direito do bebê e não seu para abrir mão.
Pense nisso!

Caio Sampaio disse...

Empresária,

a solução de seus problemas passa por um processo judicial.

o feto, em breve um bebê, têm direito à ser assistido pelo pai. na medida da necessidade da criança e da possibilidade do pai ajudar.

ação de alimentos gravídicos agora e de alimentos após a gestação.

qualquer dúvida, entra em contato.

Anônimo disse...

Não pude deixar de comentar essa. Só pra constar, antes de mais nada, sou mulher, ok? O resumo da ópera aqui é a seguinte:
1. Pai desnaturado e imbecil, portanto palhaço;
2. Mulher totalmente sem noção.
Gente, engravidar hoje não é coisa do acaso ou do destino. Como muitos já comentaram aí, o que não falta é método contraceptivo, pelo amor né??
E outra, pra que essa pressa toda de montar casa, quarto, quando ainda faltam 9 meses de gravidez? Qualquer mulher normal monta essas coisas durante a gravidez... Estou achando a pressa da moçoila meio estranha e muita gente boa aqui também já percebeu isso...
Está com muita cara de golpe... Golpe da barriga... Só que, foi-se o tempo que se prendia palhaço com filho... Hoje em dia não tem isso não...
Agora cá pra nós, se eu fosse o palhaço, não comprava nada agora não... Esperava até o momento que desse pra fazer um exame de DNA. Vai que o filhote nem dele é e por isso a moçoila tem essa pressa toda pra arrancar as coisas do cara?
Eu hein...

Priscilla disse...

Engravidou pq quis... Camisinha, anticoncepcional, diu, etc... etc... etc... Nessa aí dou apoio ao pailhaço!

Anônimo disse...

OI
Olha, pior do que uma porcaria de marido/namorado é uma porcaria de PAI.
Seria melhor você poupar o (a) seu (a) filho (a) de ter que conviver com um imbecil filho da puta desses...
beijos
Marie

Iceman disse...

A mulher está montando uma casa.
Porque o cara teria que assumir o quarto do filho sozinho?
Se o filho é dos dois, tudo o que se refere ao filho deve ser dividido.