Páginas

domingo, 20 de junho de 2010

Palhaço Brasileiro

É. Ele não desiste. Nunca. Jamais. A dona do circo, essa que vos escreve, estava com duas empresárias circenses naquele pós-praia gostoso, degustando aquela cervejinha gelada e jogando prosa fora. Picadeiro pronto, lá vem ele, do alto da sua insistência brasileira, e para ao lado de uma das empresária. Manda:

- Oi...

A empresária, notei logo, não lembrava do palhacinho. Ela fez aquela carinha simpática, rodou
o HD mental e um certo constrangimento começou a rondar à mesa.

- Não tá lembrando de mim, né? - e tava meio óbvio que não.

- Não estou - disse ela entre um sorriso amarelo e um olhar vago.

- Vou ao banheiro e na volta você vai lembrar.. volto já.

Ela não lembrou. Perguntamos se ela de fato conhecia o palhacinho. A empresária circense
disse que tinha, sim, uma vaga lembrança. Na volta do banheiro, o palhacinho cumpriu o que prometeu. Mas ela não lembrou.

- E aí .. lembrou?

Diante do silêncio dela, ele jogou baixo (o que eu achei até simpático da parte dele. Olha aí, gente! Estou elogiando um Palhaço!!).

- Você, empresária, não lembra de mim... não é possível ...

Ficou até um clima fofo na mesa, mas a empresária de fato não fazia a menor idéia de onde tinha esbarrado com o Palhacinho. A moça pediu desculpas, disse que não lembrava e se virou para conversar.

E o espetáculo começa agora.

O Palhacinho Brasileiro ainda deu uma insistida e saiu ao perceber que o lance de reconhecer não ia render nada. Mas passados uns vinte minutos voltou e continuou com o mesmo papo. Ok, gente. Ele lembrava, ela não, isso estava bem claro. Mas no segundo tempo desse "jogo da sedução" ele tinha a obrigação de apresentar um sistema tático diferente. Pois o palhacinho manteve o mesmo número e continuou com a ladainha do "te conheço e você não me conhece, que feio isso, blá, blá". A empresária foi levando até que abriu o jogo:

- Olha, desculpa, mas eu não lembro mesmo. Acho que a gente trabalhou junto, mas não lembro de você.

O palhacinho brasileiro então contou de onde a conhecia (eu já estava curiosa!) e tentou engrenar um papo. Não rolou. Ele saiu. E num é que passados mais uns 20 minutos ele voltou à mesa com o MESMO PAPO??

Eu quase perguntei se ele queria um abraço, se tava carente ..

- Poxa, você realmente não lembra de mim.

Amigo, quer que a gente desenhe para você??

E na hora de ir embora? O Palhacinho Brasileiro foi seguindo a moça até o carro, dessa vez gritando com ela:

- É .. não lembra de mim ... que coisa feia ... poxa .. eu lembrava de você .. você foi tão legal comigo ..

Oi? Palhaço Disco arranhado? Qué isso, gente? Ge-zuis! Assim amigo, nessa carência, nem sendo brasileiro dá jeito!

27 comentários:

Fernanda Elisa disse...

Olá, meninas!
Descobri o blog de vcs revirando livrarias "online" e me deparando com um livro surgido do blog. Fiquei curiosa e vim parar no blog e até o vídeo da entrevista no Jô eu vi. Percebo que perdi tempo não as conhecendo antes. Parabéns pelo trabalho, vcs são bastante criativas.

Beijoones,

Fabi disse...

Olá meninas, tô conhecendo o blog agora e me identifiquei muitooooo! É muito reconfortante saber que PALHAÇADAS acontecem com todas... Sou supersolidária a causa hein...

Fabi disse...

Gente, vcs são hilárias... Amei o blog.

Fernanda disse...

hunf, além de palhaço, ruim de cantada... totalmente sem timing !!

Tiffany Felippe disse...

Oiiiiiiiiiii....
da uma olhada nessa foto, eu ri mto! http://www.chongas.com.br/wp-content/uploads/2010/06/fabio-junior.jpg Homem é tdo palhaço mesmo!! bjs

Dona Mila disse...

Dignidade ZERO. hahaha

Rafael disse...

Por que não falou logo que não queria nada pro sujeito. Simples assim.

Helô disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk essa foi boa, tadinho, fiquei até com pena dele...:P

Anônimo disse...

Essa nem eu entendi! Pelo jeito, o colega devia ter problemas mentais, ou era muita falta de assunto mesmo!

Para o Rafael aí de cima... vc não acha que o fato da garota virar pro lado e começar a conversar é uma dica que não vai rolar nada????

Abçs... ñ vivo + sem o blog!

Marisa Tomazela disse...

o problema é que a memória antiga dele é melhor que a memória recente.

Gazzy1978 disse...

Rafael,

Ele podia ter se saído melhor se dissesse de onde lembrava da moça em questão... No mínimo, rendia uma amizade, sei lá!!!!

Crioula disse...

palhaos à beira de uma ataque de nervos!! rs

Ize Chi disse...

Gente, assim... Eu sei q agora vocês estão podres de famosas e tudo mais, por causa do livro e tals, mas...

Q tal publicarem mais histórias no blog?
Sei lá, parece q anda com tão poucas ultimamemente... A maioria dos posts é avisando de uma entrevista numa rádio ou em algum programa de tv...

E, como anda ficando bem conhecido, imagino q as novas leitoras (e leitores) vão querer ler mais histórias de picadeiro, né?
E as leitoras antigas (como eu) vão agradecer por ter mais motivos pra rir =]

Larissa disse...

Olá...O lado bom das palhaçadas masculinas é quando elas nos arrancam risadas como nesse caso do "disco arranhado" rsrs. o Problema é que, na maioria das vezes, as palhaçadas nos rendem chororô e até idas a psicanalista. O negócio é não levá-los a sério!
Bjus

Rafael disse...

@Gazzy1978:

Ai vai de cada um. Tem mulher que faz algo parecido, fica insistindo. Ai eu educadamento digo logo que nao estou interessado. Melhor nao dar falsas esperancas.

Ráisa Mendes disse...

mas de onde eles se conheciam? :-(
fiquei curiosa....

Quezia Bonitona disse...

dã... de lugar nenhum ele só queria puxar assunto....

Mariana Amorim disse...

hahaha!! Amei esse espaço. Não conheçia. Mas que cara de pau desse sujeito.

Pâmela disse...

Nível alcóolico da criatura?
o_O

Fernanda Pittzer disse...

Nossa,realmente tem gente que não se toca...Esse cara literalmente não tem assunto...Talvez seja por isso que não foi e provavelmente não faram a menor força para lembrarem dele...kkkkkkkkk...
Bjos meninas estou adorando o blog.Fiquem todas com DEUS...Sucesso...

Noeli disse...

Depois falam que não temoss paciênca com eles, inocentes palhacinhos...

Marco aurelio disse...

Opa!!! esse site só posta estórias exclusivas de palhaças ou o palhacinho aqui pode postar tambem???? nada como ganhar uma boa grana as custas de palhacinhos né??? rsss

Anna Paula Barp disse...

Mas que palhaço chato heinn!!
Eu to achando que no mínimo esse palhaço não era lá grande coisa, pois se fosse, ela mesmo não lembrando iria dar um jeito de entrar no papo dele!!!!

Beijosss, adorei o blog!!

Anna Paula Barp disse...

Imagina o "Datena" narrando essa história:

- "Me dá imagens desse palhaço! Eu quero imagens!! Põe esse palhaço na tela!!"

Mariana disse...

incrível esses palhaçoes estão fazendo escola, já levei exatamente essa mesma cantada barata há mais de 10 anos atrás rs.

Fabiana disse...

aah, esse ai ta parecendo mais que tem algum problema de cabeça do que palhaçada mesmo hehehe

Cátia Gama disse...

Rsrsrs...Descobri o blog um dia desses por acaso e add no meu pra eu sempre acompanhar pois achhei hilário o jeito como escrevem sobre o dia a dia circense...rsrsrs Palhaço Brasileiro nem sendo patriota ao extremo dá pra aturar...Ah, vou comprar o livro!!!