Páginas

sábado, 11 de junho de 2011

História 42 - Palhaço Sumido (que reapareceu)

Vamos combinar que comemorar "dia dos namorados" depois dos 30 e solteira é coisa rara, tipo um evento que acontece só em ano bissexto, por exemplo. Mas, enfim, lá vai a história.

Ano passado eu estava saindo com um cara desde janeiro. Tórridos encontros amorosos (sem compromisso) com um lindo, viril e jovem Tenente. Vulgo "tudodebom.com.br". Quem já saiu, namorou ou casou com militar, sabe como é: eles viajam, saem em missões, ficam de serviço, etc, etc. Em prol do Exército Brasileiro e por amor à pátria, nós mulheres sempre entendemos e aceitamos as "belas desculpas". Já que não estava fazendo nada, achei melhor deixar rolar... O verão foi ótimo. Mas, abril e maio foram dois meses com o circo às moscas! O palhaço, sumiu sem dar notícias. Uma semana antes do dia dos namorados entrou no MSN, puxou conversa e o papo foi mais ou menos assim:

Palhaço: Oi, Delícia...e aí ? Podemos nos ver no sábado ?

Dona do circo: Oi, Palhaço!! Quanto tempo...
Porque nesse sábado?? Vc sumiu... Tanto fds pra vc aparecer... Sério que vc quer me encontrar no dia dos namorados??

Palhaço: Ah! O que é que tem?... Eu estava pegado no trabalho, vc sabe como é. Estou morrendo de saudades!! Então, estou indo pro Rio e queria muuuuuuito te ver.

Dona do circo: Hum...então tá. (Quando a esmola é demais o santo desconfia) Mas, olha, já marquei de ir a uma festa de solteiro com umas amigas. Podemos nos ver à tarde ?

Palhaço: Sem problemas! Chego aí depois do almoço e passamos a tarde toda juntos... quem sabe à noite vc não desiste da festa...

Dona do Circo: Blz. Me liga quando vc estiver chegando e vê se não esquece meu presente, risos...

O aniversário dele tinha passado (sem nos vermos) e eu já tinha comprado um presente de aniversário pra ele. Como ele queria me ver justamente no dia 12 junho, mesmo eu sabendo que "namorava sozinha", há 3 meses, aceitei. E fiz a brincadeira de "lembra da minha caloi".

O caso era o seguinte... Apesar de estar caídinha pelo Tenente eu não tinha engolido aquele reaparecimento súbito. Gostaria de ter ficado feliz, mas enfim... dia dos namorados ou não, era sábado e eu estava afim de me divertir. Chegou o grande dia, rufem os tambores: começa a bater a ansiedade. Passou a hora do almoço e nada, três horas da tarde e nem sinal de vida. Já tinha passado o estado de emputecimento e entrado no torpor do levei um bolo, quando ele liga, meio esbaforido... "Viu... saí atrasado, mas já estou chegando!!". Oi ? Como assim? Vc não disse que vinha depois do almoço ? Pois é... acordei tarde e me atrasei... mas já estou chegando... Vc ainda pode me ver ?" (Caraca...mau humor. Sério. Tem coisas que era melhor nem acontecer.) "Tá, a gente se vê...te encontro."

Quando ele chegou, perguntei o que aconteceu pra ele se atrasar tanto e ele disse com a cara mais lavada que tinha voltado muito tarde da night e dormido demais. Mas, como tinha que trazer uma encomenda de um amigo, não poderia deixar de vir pro Rio. Sério, foi isso mesmo que vcs entenderam. Ele "cagou baldes" pro dia dos namorados. Como ele não mentiu, também fui clara: Olha, palhaço. Eu não te procurei, não te convidei... Foi vc quem me procurou e marcou tudo! Mas, então foi isso, palhaço? Vc não veio me ver... na verdade já vinha pro Rio e aproveitou pra dar uma "passadinha" no meu picadeiro? E aí... não vai dizer nada?" Ele responde. "Não. Estou errado, tenho que ouvir calado." Ah!, tá... Esse militar é cachorro mais é bem treinado. rs. "Mas e aí ? Afinal, trouxe o meu presente??" Ele abre os braços e dá o maior sorriso. Gente, o presente era ele !!!

Bem, como acredito que é melhor ser feliz do que ter razão. Depois do esporro, entreguei o presente de "aniversário dele", dei muito beijo na boca, fomos pro motel e no final ainda disse que não poderia ficar porque já tinha combinado de ir pra festa! Ele ficou meio bolado, mas não deu o braço a torcer. Afinal... não tinha do que reclamar.

Leitora F.C.

16 comentários:

Sarah disse...

Só namora de Coronel para cima!!!

Vc aceitou as palhaçadas deles tb... nem era bem namorada dele... caiu no rolo dele... e se enrolou! Não devia ter aceitado nada disso dele...

Mas se vc beijou muito na boca, foi pro motel e no final ainda foi pra festa, vc tb não tem do que reclamar!

Roberta disse...

Vou te falar viu, homem é tudo palhaço e mulher é tudo burra. Então o cara te dá o bolo, confessa que era uma passadinha,chega fora do horário combinado só para mostrar quem manda, não dá presente e em troca leva beijinho, presente e uma trepada. E ela ainda acha que saiu por cima? Então tá né...os palhaços de plantão agradecem.

Vamos acordar mulherada!!!

Anônimo disse...

Essa leitora nao eh palhaca. Gostei do texto, so nao entendi o lance da Caloi.

Laurinha disse...

?????????????????????
Não era namorado mas ficou brava pq nao estavam comemorando o dia dos namorados?? Estou confusa!

Anônimo disse...

Idiotice pouca é bobagem! Tanto macho no mundo...

Anônimo disse...

Se esse palhaço fosse militar da aeronáutica juro que eu ia desconfiar que é meu atual palhaço, mesmo roteiro. MEDO.

Anônimo disse...

homem só é tudo palhaço, pq mulher é tudo burra

não é preciso dizer mais nada

Barao disse...

No final: Ele chegou a hora q quis, ganhou trepada, presente e ainda foi pra night sem ela!
Se tem palhaços iguais a ele, é pq tem burras iguais a ela...

Fernanda disse...

Burrice tinha que doer, é verdade. Mas, não tinha enganados nessa história. Tão pouco ingênuos. Errei, vivi, tive estória pra contar. Prefiro errar tentando acertar do que nunca acertar por medo de errar. Sem justificativas ou arrependimentos. Inteligente ou não, prefiro ser mais feliz na próxima. Espero que isso seja fácil pra vcs também...

Amanda disse...

Fernanda, todas as histórias contadas aqui têm no fundo o mesmo enredo. A sua foi a mais autentica. A gente nao tem que ter medo de errar mesmo, a gente tem que viver. O que mais tem por ai é mulher recalcada que paga de santa e ta ai, choramingando pelos cantos. Adorei, faria o mesmo. Daria um belo trato no bofe pra depois curtir minha noitada de solteira! Muito bom!

Anônimo disse...

Jura que ele é tenente?Super a postura dele não parece ser de oficial...Crtza que é?Pq se for?Gente tem babaca em todo lugar mesmo!
Mas concordo com o povo...vc saiu pagando de "a esperta bem resolvida" mas quem saiu ganhando foi o "tenente"

Christiane disse...

kkkkkkkkk
Tem coisa pior!!!!
Namorei um palhaço desses a uns anos atrás e o palhacinho além de me deixar esperando noite a dentro depois de uma super produção me vem as 3:00 da manhã bêbado.....
ninguém mereçe!!!!!
Tô fora!!!!

maria_drix disse...

Nem achei das piores, a situaçao.
Afinal o palhaço era cachorro treinado, gente... e devia mandar bem. Eu faria o mesmo, se divertir eh bom, e afinal se cortarmos todos os palhaços da nossa vida passaremos a vida num picadeiro as moscas.

Anônimo disse...

Que saudade dos meus tempos de tenente,,,,Hoje sou coronel, mas posso ver que nada mudou, e o jovem tenente aprendeu muito bem com os mais antigos. A tradição prossegue...rsrsrssrs!!!!

Anônimo disse...

Meninas , atenção ! Homem militar pertence é uma das PIORES raças de palhaço ! Rsrsrs

Anônimo disse...

mas ele nao enganou ela! ele falou 'ESTOU INDO PRO RIO e queria muito te ver'. pq raios ela achou q ele tava indo por causa dela? não entende português nao? eu hein