Páginas

sábado, 11 de junho de 2011

História 45 - Palhaço Que Não Tem Preço

Eu, empresária circense, havia conhecido o bruto em março de 2010, no meio do caos do trânsito de São Paulo. Ele boa-pinta, empresário, de seus quarenta e poucos anos. Eu, linda, loira, jovem e bem sucedida, pensei comigo que ele já teria rodado quilômetros suficientes para ser um palhaço-tranquilo. Ledo engano..

Começamos a nos relacionar em março e ele, empresário, fazia muitas viagens a trabalho, então, nós viamos nos intervalos de suas viagens. Como já sou uma empresária circense há longos anos, não tinha esperança alguma de ganhar presente nenhum no Dia dos Namorados, até porque não havia qualquer rótulo explícito de 'namoro' entre nós. Pois, audiência, que rufem os tambores:

Véspera do Dia dos Namorados, o palhaço me liga, informando que estava de volta de Brasília e que conseguiríamos passar o dia do "evento" juntos, me perguntando inclusive o que eu gostaria de ganhar. Aí, respondo a ele que, como toda mulher sofisticada, ele poderia passar na joalheria "V" de grande renome, e escolher o que mais se parecesse comigo. Ele logo se prontificou a ir, informando inclusive que seu motorista alteraria o trajeto que ele estava fazendo no momento para passar desde logo no local indicado. Diante de tal ligação, vi que precisaria comprar um presente "a altura" do que ganharia, então passei em uma tabacaria e comprei uma "singela" carteira de couro original da Mont Blanc como prova de meu afeto, isso sem contar super camisolinha branca.

No Dia dos Namorados, às 13h o bruto me manda um SMS todo fofo desejando feliz Dia dos Namorados e que não contava os minutos para me ver à noite. Respondi que estava no salão e que o veria à noite. Às 17h mando SMS perguntando que horas ele passaria em minha casa. Nenhum sinal de resposta (ah, os sinais!). Passo na papelaria pra comprar o cartão, ligo pra ele e o telefone chama até cair na caixa postal. Chego em casa linda, loira e pronta, reitero as ligações e nada. Quando dá meia-noite me emputeço e mando outro SMS pra ele: Cabeleireiro R$ 150, Lingerie especial R$ 250, Presente - Carteira Mont Blanc original R$ 1.300. Levar um perdido no Dia dos Namorados, não tem preço!!!

Liguei pra minha irmã que estava num show e fui correndo, linda pra lá... e assim conheci o palhaço subsequente que permaneceu em meu picadeiro até meados desde ano!


Leitora I.M.

43 comentários:

Mari Apple disse...

hahahahahahaha
Caraaa, não acredito nesse palhaçooo. E olha... pra ser palhaço realmente não tem idade.

Bjoo
e boa sorte com o proximo.

Sarah disse...

Certa vc, loira e linda, tem que ganhar é joia! E joia cara! Muito cara!!! Mas vc errou em dar um presente de 1300 reais para ele!! Para que isso??? Vc já não se preparou toda para dar para ele de noite??? No máximo uma lembrancinha de 50, 100 reais se ele for ótimo! Mais do que isso, gasta só com vc!!!

Espero que agora vc aprenda!

Juju disse...

Muito boa!!!

Pedro disse...

Com todo respeito... se a mulher realmente acha que um bem material, seja ele qual for, é uma prova de afeto... merecia coisa muito pior.

Anônimo disse...

kkkkk nao sei quem é mais palhaço, se é ele por apresentar o famoso numero do desaparecimento ou se é a dona da história q fala que quer joia de joalheria tal... e acreditou q ganharia... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk fala seriooo! Pela primeira vez o numero do sumiço foi merecido!!!

Tem maria gasolina e agora maria joalheira!!!

Arlette disse...

Que Fdp !!

Anônimo disse...

Tá aí...

Espero que estejam felizes com o resultado da sua tão esperada emancipação ideológica. Loira, linda e bem sucedida. Se você arrumar um herói que consiga te aguentar pelo resto da sua vida fútil, superficial e materialista ao extremo("...ele poderia passar na joalheria "V" de grande renome, e escolher o que mais se parecesse comigo..." , "...um presente "a altura" do que ganharia, então passei em uma tabacaria e comprei uma "singela" carteira de couro original da Mont Blanc..."), você não vai precisar estar constantemente reafirmando pra si própria suas "qualidades" para tentar reaver seu ego que muito provavelmente algum cafageste tão inconsequente quanto você, deixou em frangalhos.
Bem vindas ao Admirável Mundo Novo criado por vocês mesmas. Talvez um dia vocês consigam suprir satisfatoriamente suas carências afetivas através de sua tão festejada "independência".

Sem mais

Jéssica disse...

Não tem idade para ser palahaço mesmo!

Fernando disse...

Não precisa gastar tanto dinheiro só por causa de uma data. Alguns conhecidos dispensaram todos os presentes e roupas que ganharam depois que os relacionamentos terminaram.

Fernanda disse...

Gente...o pior de tudo é no final da história ouvir que a culpa da palhaçada é nossa ! "Espero que estejam felizes com o resultado da sua tão esperada emancipação ideológica." Uma das várias alegrias, meu caro, da nossa emancipação ideológia é poder viver e contar isso aos quatro ventos e, apesar de tudo, continuar "acreditando no amor". Porque antes dessa "emancipação ideológica" os homens faziam as mesmas palhaçadas de sempre, só que as mulheres não podiam fazer nada além de trabalhar, criar os filhos e aguentar tudo calada, de prefêrencia. Mas, não fique triste Anonimos. Existem vários países que vivem no tempo da idade média. Vc pode se mudar pra lá, se quiser.

Abraços a todos,
Fernanda

Eliane Martins disse...

ola boa noite
cara ontem
o fofo ( pq tivemos uma briga quarta) disse q ia m buscar de noite num curso - e ligou mais tarde dizendo q nao dps
disse q ia "espairecer" pela briga e beber com um amigo
no dia d hj
m liga melhor carinhoso ( sem nenhumA SURPREsinha romantica material ou nao)pq tambem gosto d coisas simples mas q forma pensadas com carinho e diz q quer m ver
E diz a gente nao terminou nao co voz de criancinha
foda
ficou l ana casa dele vai te catar
merdaa

Maria disse...

Primeira vez que eu vejo um perdido realmente merecido. Um presente desses não se pede, muito menos deve ser exigido sem o menor sinal de classe, como você fez. Um presente desses deve ser uma doação voluntária. É um absurdo, ao ouvir um pedido de sugestão de presente, mandar de cara um "ah, compra uma jóia da Vivara pra mim". Mulher que acha q o homem tem obrigação de "remunerar" seus serviços dessa forma não é namorada, é prostituta. Pelo menos as prostitutas assumidas deixam bem claro o valor dos seus serviços, já as prostitutas veladas, fazem esse tipo de pedido. Por mais rico que seja o namorado, é mil vezes melhor deixar que a pessoa se encarregue de escolher algo que a faça lembrar de vc, em vez de impor tipo e marca de presente.

Anônimo disse...

Querida, vc nao "ACREDITOU NO AMOR", vc "ACREDITOU NA JÓIA" mas de certo, não mereceu... vai saber né!

Anônimo disse...

Acho que o palhaço mao de vaca deu um sumiço porque a Maria joalheira asustou ele com o pedido kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Pede jóia e gasta 1300 reais de presente pra um cara que não é namorado??? E o palhaço é ele???

Anônimo disse...

"o pior de tudo é no final da história ouvir que a culpa da palhaçada é nossa !"

E na vida a gente ouve só o que quer? Ouvir o que se deve faz bem, sabia?

Anônimo disse...

O desaparecimento nesse caso foi merecido. Na verdade, a impressão que passou foi que ela escreveu esta história apenas para mostrar o quanto ela e o carinha em questão possuem dinheiro. Enfim, mulherzinha fútil ao extremo.

Roberta disse...

Gente, ele perguntou o que ela queria ganhar. Ela respondeu. Simples assim.

Pat disse...

Perdido merecido, assustou o palhaço com seu pedido singelo,vc foi muito exigente minha cara empresária!!

Anônimo disse...

Assustou? Ohhhh, coitadinho! Voces assistem novela do Manoel Carlos e acham lindo ver aquele povo rico fazendo coisas de povo rico. Aparece uma leitora com uma historia novelesca, ai ela passa a ser "futil". Gente, o cara perguntou! E ela ainda quis escolher um presente a altura! Ainda por cima, o cara descreve o trajeto do carro para comprar a joia e liga enquanto ela esta no cabeleireiro! E ele nao e palhaco?

Anônimo disse...

Eu perguntei o que meu namorado queria ganhar e ele não me pediu uma Ferrari.

Jóia é pra ser surpresa e pro cara dar quando ELE tiver afim... RIDÍCULO pedir. Vergonha alheia mesmo!

Anônimo disse...

Simples mesmo. Da próxima vez, aproveita e pede uma Ferrari novinha.

Anônimo disse...

Se qdo ele perguntou oq ela queria ganhar ela tivesse sido mais carinhosa e dito "você!", talvez ela tivesse saido no lucro! Me desculpe Roberta, mas foi completamente deselegante o pedido dela...
foi o perdido mais bem merecido do mundo dos palhaços!

Os homens nem sempre são culpados!

Anônimo disse...

acho mto feio o cara perguntar o que a mina quer ganhar, o fim. mas pior ainda eh a mina escolher e exigir que seja da loja X...e achar isso lindo ainda.

Anônimo disse...

PRA MIM ELA NÃO FOI PALHAÇA ELE QUE A PROCUROU E PERGUNTOU O QUE ELA QUERIA GANHAR, ELA PERDEU O SEU PRECIOSO TEMPO COM UM BABACA DESSES.

Anônimo disse...

Cara, este blog é um achado. Tô me sentindo na platéia, chorando de rir. quem serão realmente os palhaços de tais " estórias " ? mulheres que se consideram emancipadas da opressão masculina, continuem a viver da mesma forma, e se vejam aos 40 com a casa cheia de gatos e mais nada. KKKKKKKKKKKK

Palhacitos

Anônimo disse...

Eu teria pedido uma cobertura em Ipanema.

Luciana disse...

sem querem fazer comentários sobre a conta bancária do palhaço ou da leitora: quando alguem - a não ser sua familia ou amigos muito amigos- te pergunta o que você quer ganhar(seja no natal, dia dos namorados, aniversário, etc) é falta de educação apontar a loja que a pessoa deve comprar.

Karla disse...

rsrsrs...imagino a cara do cara falando para o motorista: Toca para o aeroporto!

Ficou muito na cara o interesse. Acha né que homem bem-sucedido vai tratar mulher que está começando a conhecer à base de jóias, aham...Bobinha.

Palhaço Mor disse...

... essa historia tinha q ter ganhado o livro, afinal de contas, nem a jóia ela levou!

Deve ter sido pq pediu um presente "a sua altura"! O Palhaço até deve ter ido à loja que ela indicou, mas cm ela não significava nada pra ele [devido ao pco tempo de relacionamento e pela falta de bom senso em seu ultimo pedido], não havia nada "à altura" do que ele sentia por ela!!!

Ai o cara some e ela manda ele pro HTP pq não ganhou nada. Helloooooooo vc não valia nada pra ele, por isso não lucrou!!!

Eu penso msm é na cara do Palhaço morrendo de rir depois! E da cara da nossa calega vestida numa camisolinha branca, segurando uma singela carteira Mont Blanc!

IMPAGÁVEL!!!
Queria assistir esse espetáculo! Pq isso sim é um espetáculo com GRAN FINALE!

Kkkkkkkkkkkkkkkk

Replicante disse...

Fui notificado através de uma conhecida, leitora deste BLOG, de que uma história semelhante à um fato que narrei para ela, estava sendo muito discutida aqui.

Devo lhes dizer leitoras, que a referida autora dessa história sempre teve o "olho maior do que a barriga" - fato este que me fez querer distanciar dela.

Se com pouquíssimo tempo de relacionamento ela já me pede uma jóia, o que não pediria caso ficássemos noivos e viéssemos a nos casar? Qual o tamanho da festa? Penso que nada seria suficiente, nem tampouco à sua altura... Que dirá pois, se um dia viesse uma separação? Perderia eu grande parte dos meus bens, conquistados com horas de estudo e à duras penas, para alguém que no primeiro dia dos namorados me pede uma jóia?

Penso que tudo tem seu tempo, e ainda bem que meu motorista me alertou:
"Dr. já que o senhor pediu minha opinião, eu acho que essa senhora está de olho é no que o senhor pode dar e não em quem o senhor é."

Haja vista que ele é um homem sábio, preferi não mais ter contato com essa senhora. E vejo hoje que me livrei de uma grande encrenca!

Sem mais para o momento,

O Palhaço em questão.

Solidário disse...

Sou obrigado a concordar com o Replicante.

Primeiro, uma mulher sofisticada nunca indicaria a loja de onde quer ganhar o presente.

Segundo, Vivara pode ter renome, mas não é uma joalheira de primeira linha. Existem outras superiores. Isso indica alguém ainda escalando os degraus da sofisticação, digamos assim.

Terceiro e finalmente, quem fala que comprou um presente de marca "original"?!? Só faltava ela ter comprado uma carteira Mont Blanc falsa! Era pressuposto que fosse original - para frisar este detalhe, ou é gente que está acostumada a conviver com o pirata, ou usava pirata até pouco tempo atrás...

Anônimo disse...

É sério isso? O Palhaço em questão veio aqui responder?

Anônimo disse...

engraçado é ver como as pessoas no BRasil se chocam com esse lance de indicar qual presente querem e onde pode ser adquirido.
Aqui na Alemanha, por exemplo, as pessoas prezam pela eficiência e falta de complicação. Aqui, quando uma pessoa é interpelada acerca do que quer de preesnte, revela-se num fato muito desagradável e inadequado não dizer claramente o que/onde/quando/como se quer presente X, Y ou Z.
E se a pessoa que pergunta não pode bancar o presente, ela diz , pro futuro presenteado, na cara duríssima, dar outa opção. Simples assim,

Gatinha disse...

@Replicante: boa desculpa... Então e coragem para pegar no telefone e dizer isso diretamente, em vez de sumir como um cobarde??? Tão reles é um como outra, estavam bem um para o outro.
*

Maya disse...

Uma das coisas mais ridiculas que já li na vida.

Eu custo a acreditar que essa historia tenha acontecido e,mais, que a protagonista tenha vido aqui no blog contar.

Pra onde vamos,meu Deus? Eu só sei que não é pra Alemanha! Finos demais os europeus,hein?

Eu sou brasileira e acho uma falta de educação dizer onde voce quer que a pessoa compre o presente. Presente não precisa,não se pede,se recebe e agradece e pronto.

Sabe o presente mais lindo? Aquele mais que vem de surpresa e que vem de coração. Que seja uma joia ou um coisinha mais simples junto com "quando vi,lembrei de você." Cara leitora,você não sabe nada sobre o amor,mas vou te dizer: ELE NÃO ESTÁ A VENDA. Desista!

Anônimo disse...

Com perdão aos emergentes em questão...Mas está claro que essa mocinha ae é uma! Concordo que foi o cara que perguntou o que ela queria ganhar e bla bla bla...Mas,sinceramente?A empresária em questão não teve uma educação digna e é total sem finesse

Lamentável pros dois!

Anônimo disse...

anonimo da alemanha,
aqui as coisas sao diferentes! e voce bem sabe disto! aqui é rude dizer qual presente quer ganhar.

uma coisa que nao entendi - na vivara tem joias de 200 reais...400 reais...pq a empresaria circense achou qeu a dela seria de NO MINIMO 1000 REAIS????

Wake up darling! disse...

Você fez tudo certo, fora a caneta que foi muito cara. Mas valeu a lição...palhacito era pobre ou achou que você não valia a jóia.

Anônimo disse...

Tem coisas que eu realmente não entendo. Se eles não eram namorados, a mulher não esperava presente nenhum. Quando ele pergunta ela pede uma jóia! Ahn? Além disso, compra uma presente de R$ 1.300,00? Ou ela tem muito dinheiro ou muito pouco senso.

Palhacitos disse...

Cara Sra. Fernanda, se dizer emancipada ideológicamente e ainda crente no amor é o mesmo que dizer que acredita que estando navegando em alto mar, sem bússola e sem carta de navegação, chegará no destino desejado. É acreditar em premiação ao acaso, na sorte, no " Deus proverá um marido pra mim que não mereço por ser fútil e mimada". Mulheres como você não acreditam no amor, por que vivem uma vida fetichista, transando com todo lixo que parece ter algum destaque aos olhos vesgos que carrega na cara. Faça o que quiser da sua vida, mas não reclame aos 30.
Como você pode afirmar algo que nunca viveu ? Quem te contou, alguma desinformada como você ? De que passado você está falando ? 10,20,30,40,50 anos atrás ou dos tempos das cavernas ? Hoje as mulheres trabalham fora, tem filhos, mas a maioria não os criam, ou criam ? Bom, não sou dono de creche pra te dar uma informação estatística precisa, mas talvez as avós de tais crianças possam falar melhor ( não estou generalizando. Não são todas as mães que largam filhos em creches e aos cuidados dos pais para fazer o que quer que seja).
Nos tempos da Idade Média você se sentiria feliz por conseguir um palhaço pra te sustentar, se conseguisse, porque duvido que manteria esta pose de modernete tendo que ir pro arado trabalhar o solo pra plantar, colher e não morrer de fome.
Poupe nós filhos do Bozo do seu discursinho feminista raso.

Palhacitos disse...

Cara Wake up What the Fuck darling!, tá defendendo mulher interesseira ? E ainda julga o Bozo, o chamando de pobre. Que mal há em ser pobre ? Você é preconceituosa ou é só presunção mesmo ?
O Pimpão agiu corretamente. Quer presente pra transar filhota ? Então toma, sinta o meu ADIDAS Bounce de 650,00 no teu traseiro.

gatz disse...

LINDA E LOIRA

AHA.. LEVOU CHAPÉU DE R$2.000,00,

É MESMO A SUPREMACIA DA RAÇA ARIANA

NÉ SOLINEUSA!